Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente

Postagens

Mortalidade Materna no Brasil – Boletim Epidemiológico n.º 20/MS (Maio, 2020)

17 jun 2020

A redução da mortalidade materna no Brasil é ainda um desafio para os serviços de saúde e para a sociedade como um todo. As altas taxas encontradas se configuram um grave problema de saúde pública, atingindo desigualmente as regiões brasileiras, com maior prevalência entre mulheres das classes sociais com menor ingresso e acesso aos bens sociais. Se configura como uma das mais graves violações dos direitos humanos das mulheres, por ser uma tragédia evitável em 92% dos casos e por ocorrer principalmente nos países em desenvolvimento.

 

Conteúdo Relacionado

 

Referências citadas:

  • Boletim Epidemiológico N° 20. Volume 51
    Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico N° 20. Volume 51. Maio/2020.
  • Manual de Preenchimento das Fichas de Investigação do Óbito Materno
    Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação em Saúde. Manual de Preenchimento das Fichas de Investigação do Óbito Materno/Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Análise de Situação em Saúde.–Brasília: Ministério da Saúde, 2011.
  • Maternal mortality ratio (per 100 000 live births)
    WHO – World Health Organization. Health statistics and information systems. Maternal mortality ratio (per 100 000 live births). Disponível em: <https://www.who.int/healthinfo/statistics/indmaternalmortality/en/>.
  • Maternal and child health in Brazil: progress and challenges
    Victora GC et al. Maternal and child health in Brazil: progress and challenges. The Lancet. 2011; 377 (9780): 1863-1876.
  • Guia de vigilância epidemiológica do óbito materno
    Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação em Saúde. Guia de vigilância epidemiológica do óbito materno / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Análise de Situação em Saúde. – Brasília : Ministério da Saúde, 2009. 84 p. : il. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos).

 

Tags: Mobilização pela Saúde das Mulheres no SUS, Mortalidade Materna